Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

O Museu das Culturas Dom Bosco - MCDB
História do Museu das Culturas Dom Bosco
Estrutura Organizacional
Equipe
Programas
Projetos
Exposições de Longa Duração
Exposições temporárias
Acervo
Museus Comunitários
Arqueologia
Etnologia
Mineralogia
Paleontologia
Zoologia
Museu de Meruri
Museu de Sangradouro
Artigos
Livros
Facebook
Orientações para Grupos Escolares
Orientações Gerais
Loja
Agendamento de grupos e escolas
Programação
Atividades
Palestras
Seminários
Oficinas
Campo Grande, 25 de Junho de 2017

Artigos

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Plumária no Rito de Nominação
Por: Heloiza Helena Silva de Moura e Aivone Carvalho Brandão
De Museu das Culturas Dom Bosco
Fonte: Arquivo Documental

 

PLUMÁRIA UTILIZADA NO RITO DE NOMINAÇÃO DA CULTURA BORORO PRESENTE NA COLEÇÃO ETNOGRÁFICA DO MUSEU DOM BOSCO, CAMPO GRANDE-MS

Heloiza Helena Silva de Moura e Aivone Carvalho Brandão

A coleção Etnográfica do Museu Dom Bosco (MDB) é composta por inúmeros objetos de diversas etnias do país. Dentre elas destaca-se a Bororo pela riqueza e variedades de materiais. A organização social Bororo é determinada pelos clãs que possuem uma cultura intimamente ligada à religiosidade e que se manifesta por meio de cerimônias e rituais. O rito de nominação é o que insere o Bororo no mundo cultural, cuja riqueza estatutária reside no direito que cada clã ou sub-clã possui a certas cores ou combinações de cores de plumas de aves que formam verdadeiros brasões identificadores dos clãs. Diante da carência de pesquisas que priorizem o estudo da cultura material não por tipologia, mas por grupo ritual e considerando a necessidade de uma integração entre as duas coleções que compõem o acervo do MDB, a etnográfica e a zoológica, este trabalho pretende identificar as aves utilizadas pelos Bororos no rito de nominação, enfatizando as implicações culturais que esta utilização acarreta. Para isso, fez-se a seleção dos objetos do rito de nominação presente no acervo do (MDB), uma pré-identificação da plumária foi realizada por alguns membros da aldeia a partir de seu conhecimento prévio e posteriormente a sua classificação definitiva com auxílio de bibliografias e comparações com aves da coleção de zoologia do MDB. No presente contexto, foram identificadas 17 espécies de aves representantes de 8 famílias e 7 ordens. Os Falconiformes constituem 46% das espécies utilizadas, como a H. harpyja, S. ornatus, S. melanoleucus, B. magnirostris, B. brachyurus, A. striatus, F. femoralis e F. sparverius; Psittaciformes 24%, com as espécies: A. cloroptera, A. macao, A. ararauna e A. aestiva; G. guira, C. fasciolata, P. decumanus, C. moschata, T. curucui, representam 6% das aves presentes nos objetos Bororo utilizadas no rito de nominação. É importante relatar que este trabalho contribuiu para o enriquecimento da documentação científica do acervo etnográfico, além de promover subsídios para pesquisas com avifauna na região da aldeia e educação ambiental com a comunidade visando ao uso de forma sustentável e assim disseminar a conservação de uma cultura em conjunto com a biodiversidade.

Palavras chave: etnoornitologia, cultura material, Bororo.
 

Conteúdo Relacionado
A Cerâmica Kadiwéu
Concepção e montagem de uma exposição arqueológica de curta duração no Museu das Culturas Dom Bosco - MCDB
Ossos de um oficio
A importância da climatização em museus
Produção Bibliográfica